Cuidar de si
Saiba mais sobre:
Marcas

Algas


Alimentação e saúde > Alimentos especiais > Algas

 

As Algas

Alga é uma palavra que vem do latim e significa "planta marinha".
As algas são seres vegetais esporulados de configuração simples que se alimentam e desenvolvem pelos seus próprios meios, a partir da água e da luz solar.
As algas não possuem tecidos e órgãos especializados. Sendo assim, não têm raiz, caule, folha nem flor; o seu corpo é um talo, e, por isso, são denominadas talófitas.

Classificação das algas:
As algas são classificadas de várias formas e uma das possíveis é através da cor do seu pigmento:
Clorofíceas (algas verdes): por possuírem clorofila, como pigmento predominante nas suas células. Este grupo compreende muitas espécies, que são predominantemente aquáticas, podendo viver em água salgada e água doce. Como exemplo, podemos citar as algas marinhas do género Ulva, que possuem representantes comestíveis e chamados de alfaces-do-mar.                                                                                                  
Rodofíceas (algas vermelhas): as rodofíceas possuem bastante ficoeritrina, embora tenham também clorofila. São geralmente macroscópicas e marinhas, mas existem formas que vivem na água doce. Entre as algas vermelhas, existem formas comestíveis, como as algas do género Porphyra.

Feofíceas (algas pardas ou castanhas): as feofíceas possuem bastante fucoxantina e são geralmente macroscópicas e marinhas. Algumas espécies podem medir mais de 50 metros de comprimento.
As algas são quase tão antigas como o planeta e têm sido utilizadas pelas civilizações orientais, em especial pelas civilizações costeiras, há muitos milhares de anos. No entanto, a sua utilização pela civilização ocidental é bastante mais recente. Actualmente as algas são utilizadas de muitas formas e nem nos apercebemos da frequência com que as ingerimos. Elas constituem ingredientes utilizados, entre outros, na indústria alimentar no fabrico gelados ou flans, assim como na indústria farmacêutica onde são empregues como excipientes e estabilizadores de formulas químicas de medicamentos.
A sua riqueza em minerais, vitaminas e proteínas confere às algas propriedades nutritivas, regeneradoras, antipoluentes, antibacterianas e antiradioactivas que em muito podem beneficiar a saúde de quem as consome.
As algas comestíveis são de origem marinha e as mais comuns no oceano Atlântico são: agar-agar, dulse, esparguete do mar, fucus, kombu, musgo da Irlanda e nori.
Existem outras algas uitlizadas na culinária e que são mais comuns dos mares do oriente: aramé, hiziki, alface do mar, wakamé.

Conheçamos as algas :

Tabela de preparação das algas

O que deve saber mais sobre as algas

« voltar